António Oliveira tem melhor início de trabalho no Corinthians em comparação aos antecessores


Português completou as dez primeiras partidas no comando do Timão; veja os números e compare com os feitos por Fernando Lázaro, Vanderlei Luxemburgo e Mano Menezes “Foi chocante ver o Corinthians jogar” afirma Rizek
António Oliveira completou os dez primeiros jogos no comando do Corinthians no empate contra o Racing, na terça-feira passada, pela primeira rodada da Copa Sul-Americana. No comparativo com os três antecessores, o português tem o melhor aproveitamento.
+ Siga o canal ge Corinthians no WhatsApp
Desde que foi anunciado para substituir Mano Menezes, António tem seis vitórias, três empates e apenas uma derrota (o amistoso contra o Londrina está na conta). Foram 20 gols marcados, sete sofridos e 70% de aproveitamento dos pontos disputados.
Apesar do bom desempenho, o técnico português não conseguiu evitar a eliminação na primeira fase do Campeonato Paulista, mas garantiu o Timão na terceira fase da Copa do Brasil e agora busca bom desempenho na Copa Sul-Americana.
Mais notícias do Corinthians:
+ Veja quanto o clube vai lucrar com venda de Carlos Augusto
+ Entenda por que António foi auxiliar em jogo da Sul-Americana
António Oliveira em Corinthians x Santo André
Marcos Ribolli
Na comparação com os seus três antecessores, António Oliveira possui o melhor aproveitamento. O ge levou em consideração os primeiros dez jogos de Fernando Lázaro, Vanderlei Luxemburgo e Mano Menezes, que passaram pelo Corinthians ao longo da temporada de 2023.
Quem mais se aproximou do retrospecto de António foi Fernando Lázaro. Em seus primeiros dez jogos à frente do Timão, o treinador teve aproveitamento de 53%, com cinco vitórias, três empates e duas derrotas. Foram 14 gols marcados e sete sofridos.
Vanderlei Luxemburgo em Corinthians x Grêmio pelo Brasileirão do ano passado
Marcos Ribolli
+ Leia mais notícias do Corinthians
O pior aproveitamento no início de trabalho no Corinthians foi o de Vanderlei Luxemburgo. Nas dez primeiras partidas, foram apenas duas vitórias, com cinco derrotas e três empates. Foram oito gols marcados, 12 sofridos e aproveitamento de 30% dos pontos disputados.
Mano Menezes teve 46% de aproveitamento no mesmo recorte nos jogos à frente do Timão. Foram três vitórias, cinco empates e duas derrotas, com dez gols marcados e outros dez sofridos.
António Oliveira tenta melhorar o retrospecto pelo Timão na terça-feira (9), contra o Nacional-PAR, às 19h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Grupo F da Copa Sul-Americana.
🎧 Ouça o podcast ge Corinthians🎧
+ Assista: tudo sobre o Corinthians na Globo, sportv e ge
e

Veja também  Coritiba se reapresenta com Manga, novidade no meio e aumenta opções; veja a agenda

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2024/04/04/antonio-oliveira-tem-melhor-inicio-de-trabalho-no-corinthians-em-comparacao-aos-antecessores.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: