Carol Castro reflete sobre a entrada de Gracinha em Mulheres Apaixonadas: ‘Sempre a defendi’


Personagem chega na trama para atrapalhar o romance de Cláudio e Edwiges Carol Castro interpretou Gracinha em Mulheres Apaixonadas
TV GLOBO / Renato Rocha Miranda
A chegada de Gracinha (Carol Castro) no capítulo desta sexta (7), em Mulheres Apaixonadas, vai desestabilizar o namoro de Edwiges (Carolina Dieckmann) e Cláudio (Erik Marmo). A moça é filha dos empregados de Martha (Marly Bueno) e Onofre (Serafim Gonzales), foi criada junto a Cláudio, e tem uma… digamos, “quedona”, pelo rapaz. Numa das brigas com Edwiges, Cláudio se reaproxima da amiga, eles têm um revival e Gracinha engravida.
Vilã?
Em Mulheres Apaixonadas, o triângulo amoroso formado por Gracinha (Carol Castro), Cláudio (Erik Marmo) e Edwiges (Carolina Dieckmann)
TV Globo
Passados 20 anos, Carol Castro revê sua estreia nas novelas e lembra que foi tida pelo público como uma vilã que atrapalhava o amor do casal.
“É uma viagem no tempo! Eu não tinha muita noção na época do quanto a Gracinha foi um ‘acontecimento’. Eu lembro de ser xingada e de muita gente me reconhecendo nas ruas…”, contou a atriz, que sempre entendeu a personagem.
“Eu sempre defendi a Gracinha no sentido de que ela realmente amava o Cláudio. Eles se conheciam desde pequenos. E, também, ela não foi muito bem recebida pela Edwiges, o que causou uma certa luta de poderes entre mulheres.”
Mas será que hoje a percepção do público continua a mesma, enxergando Gracinha como uma destruidora de relacionamentos? Carol espera que não, uma vez que Cláudio também quis estar com ela.
“Hoje não iriam cair só em cima da Gracinha. Iriam julgar o Cláudio também. Porque me lembro que toda a ‘culpa’ recaiu sobre ela, enquanto ele saiu ileso. Hoje seria totalmente diferente… Acredito eu”, pondera a atriz.
Nostalgia dos bastidores
Carol Castro relembra o carinho dos veteranos Marly Bueno e Serafim Gonzalez com ela nos bastidores de Mulheres Apaixonadas
TV Globo
Além da trama, Carol relembra os bastidores do seu núcleo e do carinho dos atores veteranos, o que fez toda a diferença na carreira da atriz estreante.
“O que mais me marcou foi a recepção dos mais velhos, como os saudosos Marly Bueno e Serafim Gonzalez! Eles conversavam comigo, me davam dicas… Sou muito grata a eles. Porque eu só havia feito teatro e uma participação no cinema. Não tinha experiência em TV. Era um bastidor divertido, o elenco, a equipe… Lembro de ser um set feliz.”
Mais do gshow
Mais Lidas

Veja também  Nenhum cemitério público de Ponta Grossa possui licença ambiental, diz IAT

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://gshow.globo.com/novelas/mundo-de-novela/noticia/carol-castro-reflete-sobre-a-entrada-de-gracinha-em-mulheres-apaixonadas-sempre-a-defendi.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: