Cássio, Fagner, Paulinho e mais: os planos do Corinthians para renovar os contratos de ídolos


Volante tem acordo apenas até junho, enquanto goleiro e lateral estão garantidos até dezembro “Foi chocante ver o Corinthians jogar” afirma Rizek
Ídolos do clube em reta final de contrato. O Corinthians lidou com essa situação há pouco tempo e voltará a encarar o mesmo cenário em 2024. Depois de promover uma ampla reformulação ao final da última temporada – quando saíram Gil, Giuliano e Renato Augusto -, o Timão terá de decidir mais uma vez se mantém ou abre mão de alguns veteranos que são referências no elenco.
+ Siga o canal ge Corinthians no WhatsApp
Multicampeões pelo clube, Cássio, Fagner e Paulinho estão perto do fim de acordo.
O volante é o que tem a situação mais urgente a ser resolvida. O vínculo dele com o Corinthians se encerra daqui a 87 dias, no fim de junho. Já o do goleiro e o do lateral vão até dezembro.
Abaixo, o ge detalha a situação do trio de ídolos e também de outros jogadores que têm contrato acabando no fim do ano:
Cássio e Fagner têm contrato com o Corinthians até o fim de 2024
Rodrigo Coca / Ag.Corinthians
Paulinho
Empossado presidente do Corinthians no começo deste ano, Augusto Melo renovou o contrato de Paulinho logo no início de sua gestão. Naquele momento, porém, não havia muito o que decidir.
O jogador ainda se recuperava de cirurgia no joelho e, por lei, o clube era obrigado a prorrogar o vínculo até que ele estivesse apto a jogar.
A decisão alvinegra foi de fechar um contrato curto com o volante, por apenas seis meses. A ideia era observar como Paulinho iria se comportar em campo e fora dele. O atleta não se opôs e aceitou reduzir o salário.
Aos 35 anos, o veterano voltou a atuar na semana passada após dez meses inativo. Ele entrou no segundo tempo do amistoso contra o Londrina.
Veja também:
+ Corinthians vai receber bônus milionário por Carlos Augusto

Veja também  4 de Julho x Parnahyba: veja onde assistir ao vivo, horário e escalações

O retorno técnico de Paulinho ainda é tema de debates internos, mas o volante tem sido muito elogiado por sua postura de liderança e pelo esforço no dia a dia de trabalho. O jogador é apontado como uma referência positiva para os mais jovens.
A diretoria alvinegra ainda espera uma reunião com representantes de Paulinho (ele é agenciado pela empresa de Giuliano Bertolucci), mas a tendência de momento é de uma renovação pelo menos até o fim do ano.
Paulinho, na reserva, comemora gol com Yuri Alberto
Rodrigo Coca / Ag.Corinthians
Cássio e Fagner
A direção do Corinthians entende que ainda não é momento de iniciar as tratativas com a dupla.
Embora goleiro e lateral possam assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de julho, a definição sobre a permanência ou não deles deve ficar mais para o fim da temporada.
Cássio, atualmente com 36 anos, e Fagner, de 34, são titulares absolutos da equipe, mas sofrem contestações de torcedores “comuns” e também pessoas influentes na diretoria, como conselheiros.
Em todos estes casos há o entendimento de que as conversas precisam ser bem conduzidas a fim de preservar a idolatria que estes jogadores têm com o clube. O caso de Cássio gera ainda mais atenção, visto que ele está próximo de se tornar o atleta com mais partidas pelo clube e foi protagonista na conquista de diversos títulos na década passada (como Libertadores, Mundial, Brasileiros, entre outros).
A última vez que eles renovaram contrato foi no início de 2022.
Tanto Cássio quanto Fagner são representados por Carlos Leite, agente que entrou em litígio com a nova diretoria do Corinthians no começo do ano e buscou a Justiça para receber R$ 62,5 milhões que o clube lhe deve. Apesar da relação estremecida, o empresário garante que não deixará isso afetar a condução das carreiras de seus clientes no Timão.
No passado, Cássio disse que pretende atuar até 40 ou 41 anos. Ou seja, pelo menos mais quatro temporadas. Já Fagner, em entrevista ao ge em janeiro, também deixou claro o desejo de permanecer no Timão:
– A gente vai pensando muito dia após dia, é difícil programar daqui a três anos, a gente não sabe o que vai acontecer. O importante é eu estar me cuidando. Quero ficar enquanto deixarem e eu me sentir bem… Tem que ter as duas coisas, você estar bem e o clube entender que você ainda pode agregar, ter algo a oferecer – declarou o lateral.
“Empate horroroso do Corinthians”, afirma Careca | Voz da Torcida
Quem mais?
Outros jogadores do atual elenco corintiano têm contrato até o fim deste ano. São os casos de Maycon e Romero, por exemplo, atletas utilizados com frequência. O primeiro está emprestado pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.
Além deles, os zagueiros Caetano e Raul Gustavo e o meia Matheus Araújo, que estão sendo pouco aproveitados, também estão vinculados ao Timão até dezembro.
+ Leia mais notícias do Corinthians
O mesmo vale para o zagueiro Cacá, contratado por empréstimo do Tokushima Vortis, do Japão, e o meia Ruan Oliveira, que teve o vínculo renovado até o fim do ano para se recuperar de cirurgia no joelho.
A tendência é que todos esses casos sejam solucionados somente no segundo semestre.
🎧 Ouça o podcast ge Corinthians🎧
+ Assista: tudo sobre o Corinthians na Globo, sportv e ge

Veja também  Resultados de profissionais brasileiros no exterior em dezembro

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/2024/04/04/cassio-fagner-paulinho-e-mais-os-planos-do-corinthians-para-renovar-os-contratos-de-idolos.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: