Com destaque para construção e setor sucroenergético, indústria de MS abriu 1,3 mil vagas em fevereiro

No acumulado dos dois primeiros meses deste ano, o ramo industrial de Mato Grosso do Sul registrou 3,4 mil vagas abertas. As atividades de construção de edifícios e produção de álcool foram destaque para manter o saldo de contratações no setor industrial de Mato Grosso do Sul estável em fevereiro deste ano. O conjunto da atividade industrial foi responsável pela abertura de 1.342 postos formais de trabalho no estado, resultado de 9.309 contratações e 7.967 demissões
Os dados são do levantamento do Radar Industrial da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems). Os números apontam um acumulado de 3.485 vagas abertas pela indústria nos dois primeiros meses de 2024. O total representa uma participação de 33% do total de vagas abertas no estado no período indicado.
As atividades industriais que mais abriram vagas no mês de fevereiro foram:
construção de edifícios (+297);
fabricação de álcool (+224);
serviços especializados para construção (+122);
construção de rodovias (+103);
fabricação de açúcar (+98);
montagem de estruturas metálicas (+73);
extração de minério de ferro (+48);
obras de montagem industrial (+48).
Segundo o economista-chefe da Fiems, Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou fevereiro de 2024 com o total de 159.311 trabalhadores empregados. “Indicando, até aqui, um aumento de 2,24% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 155.826 funcionários”.
Mapa de oportunidades
Em relação aos municípios, o levantamento da Fiems aponta que em 50 cidades, as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a fevereiro de 2024.
Entre as cidades com saldo positivo destacam-se:
Campo Grande (+1.072);
Nova Andradina (+376);
Ribas do Rio Pardo (+323);
Três Lagoas (+269);
Dourados (+246);
Corumbá (+226);
Angélica (+106);
Paranaíba (+98);
Aparecida do Taboado (+80);
Sidrolândia (+71);
Eldorado (+67);
Rio Brilhante (+65);
Itaquiraí (+61).
Por outro lado, em outros 23 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, com o fechamento de 241 vagas. Entre as cidades com saldo negativo, estão: Chapadão do Sul (-41), Batayporã (-33), Rio Verde de Mato Grosso (-29) e Caarapó (-25).
Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

Veja também  Motorista morre após bater carro em mureta de concreto e capotar em rodovia de Santa Bárbara

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2024/04/03/com-destaque-para-construcao-e-setor-sucroenergetico-industria-de-ms-abriu-13-mil-vagas-em-fevereiro.ghtml
Autor: {authorlink}

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: