Contra o Novorizontino, Coritiba terá reencontros dentro e fora de campo em confronto pela Série B


Times duelam na sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), pela sexta rodada, no interior de São Paulo O Coritiba vai enfrentar pela primeira vez na história o Novorizontino, porém, do outro lado estarão personagens conhecidos dos torcedores do Verdão. Entre eles o volante Willian Farias e os atacantes Fabrício Daniel e Waguinho, além do lateral Reverson, que teve passagem pelo Coxa nas categorias de base.
Coritiba vence o Guarani mas não alivia climão com a torcida
🗞️ Leia mais notícias sobre o Coritiba
✅ Clique aqui e siga o canal ge Coritiba no WhatsApp
Willian Farias, por exemplo, tem 265 jogos pelo Coritiba, sendo o 12º que mais atuou pelo clube ao longo da história. Ele participou de dois acessos do time à elite: em 2010 e 2021. No fim da temporada passada, o volante não teve o contrato renovado e seu destino foi o time de Novo Horizonte.
Fabrício Daniel foi contratado pelo Coxa em março de 2022, que na época pagou R$ 2 milhões. Após voltar de empréstimo para o Sport, o atacante foi reintegrado e participou de alguns jogos no início da temporada. No início de fevereiro, porém, ele teve o vínculo rescindido para jogar pelo Novorizontino.
Willian Farias em ação pelo Coritiba no ano passado
Gabriel Thá/Coritiba
Já Waguininho foi o vice-artilheiro do Coritiba na temporada 2021 e também na Série B daquele ano, quando o Verdão conquistou o acesso. Foram 11 gols em 2021, sendo nove na segunda divisão, números que o deixaram apenas atrás de Léo Gamalho (23 gols no ano e 16 na campanha do acesso).
Reencontros fora de campo
O Novorizontino é treinado por Eduardo Baptista, que esteve no Coritiba em 2018. Na ocasião, o técnico ficou apenas por 18 jogos durante a Série B daquele ano e não resistiu ao empate por 0 a 0 para o vice-lanterna Sampaio Corrêa, no Couto Pereira, pela 20ª rodada. Foram pouco mais de quatro meses.
Eduardo Baptista avalia 100 dias no Coritiba: “Feliz e respaldado pela diretoria”
O atual comandante do Novorizontino também tem ligação com o diretor técnico do Coxa, Paulo Autuori. Eles trabalharam juntos no Athletico, em 2017. Na ocasião, ele foi anunciado quando Autuori virou gestor e ficou menos de dois meses no cargo.
Baptista comandou o Furacão em 13 jogos, com cinco vitórias, três empates e cinco derrotas, com um aproveitamento de 46,1%. Com o treinador, a equipe rubro-negra anotou 14 gols e sofreu 15. Pesaram em sua saída as duas derrotas sofridas em mata-matas, para Grêmio (4 a 0 na Copa do Brasil) e Santos (3 a 2 na Libertadores).
Em decorrência da saída do treinador, Paulo Autuori, que ocupava o cargo de gestor técnico, também saiu. Ele, porém, retornou logo em seguida. A gestão durou até dezembro de 2017, quando foi anunciada sua saída definitiva.
Mais notícias do esporte paranaense no ge.globo/pr

Veja também  Começa o Campeonato mais difícil do mundo

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/pr/futebol/noticia/2024/05/16/contra-o-novorizontino-coritiba-tera-reencontros-dentro-e-fora-de-campo-em-confronto-pela-serie-b.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: