Dúvida para Libertadores, Cano, do Fluminense, tem baixo número de lesões no futebol brasileiro


De volta aos treinos, argentino sentiu dificuldade em movimentos e será testado antes de viagem ao Peru. Tricolor estreia na quarta-feira, contra o Alianza Lima A presença de Cano no elenco do Fluminense que vai viajar ao Peru para a estreia na Libertadores ainda não está garantida. Reintegrado aos treinos após uma entorse que o tirou do Fla-Flu, no Carioca, ele será testado nesta segunda-feira para saber se terá condições de ir a Lima. Uma possível ausência por questões físicas chama a atenção devido ao baixo número de lesões do camisa 14 no futebol brasileiro.
Filho de Marcelo imita comemoração de Bellingham em gol pelo futsal do Fluminense
+ ✅Clique aqui para seguir o novo canal ge Fluminense no WhatsApp
De acordo com levantamento do Espião Estatístico, Cano tem apenas duas lesões desde que chegou ao Brasil, em 2020. Em sua primeira temporada pelo rival Vasco, ele sentiu a coxa direita no aquecimento e virou desfalque de última hora em jogo contra o Corinthians, em São Paulo, na estreia de Ricardo Sá Pinto.
Foram quatro jogos de ausência, entre 21 de outubro e 6 de novembro daquele ano. À época, o argentino disse ao jornal Olé que “nunca havia se lesionado na vida”. No mesmo ano, Cano ficou fora de três jogos do Vasco entre 29 de novembro e 8 de dezembro por ter contraído a Covid-19 – mas esse desfalque não é considerado no levantamento de lesões.
Germán Cano em treino do Fluminense
Marcelo Gonçalves/FFC
+ Cano fará teste na segunda para saber se viaja com Fluminense para Libertadores; Ganso está fora
O argentino estava ileso desde então, com 50 jogos disputados em 2021 (Vasco), 70 jogos em 2022 (Fluminense) e 61 jogos em 2023. No ano passado, Cano foi poupado de algumas partidas devido à campanha do Tricolor na Libertadores, mas não se ausentou por problemas relacionados ao departamento médico.
No dia 9 de março deste ano, Cano sofreu uma entorse no jogo de ida da semifinal do Campeonato Carioca contra o rival Flamengo. A lesão foi confirmada quase uma semana depois, em 15 de março. Em tratamento, ele se ausentou da partida de volta do Fla-Flu no estadual, em que o Tricolor foi eliminado. Menos de uma semana depois, Cano foi entregue à transição. O atacante voltou a treinar com bola nesta semana.
+ Filho de Marcelo imita comemoração de Bellingham em gol pelo futsal do Fluminense
Cano em Fluminense x Sampaio Corrêa, no Campeonato Carioca
André Durão
O cenário agora é de dúvida, já que Cano sentiu dificuldades de realizar alguns movimentos no treino deste sábado no CT Carlos Castilho. O Fluminense folga neste domingo e retorna para um último treino na segunda-feira à tarde, antes de viajar para o Peru à noite. A equipe carioca vai encerrar a preparação em solo peruano, no CT da seleção do Peru, antes de encarar o Alianza Lima na quarta-feira, às 21h30.
🗞️ Leia mais notícias do Fluminense
🎧 Ouça o podcast ge Fluminense
Assista: tudo sobre o Fluminense no ge, na Globo e no sportv

Veja também  Fluminense terá quatro dias de folga em primeira semana da Data Fifa; veja a programação

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2024/03/31/duvida-para-libertadores-cano-do-fluminense-tem-baixo-numero-de-lesoes-no-futebol-brasileiro.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: