Em 15 dias, chove o esperado para cinco meses no Rio Grande do Sul

Cinco meses em 15 dias. Esse foi o tanto que choveu no Rio Grande do Sul entre 22 de abril e a última segunda-feira (06). Explicando: no período em questão (15 dias), choveu o tanto que se estimava chover em cinco meses no estado.

Cinco meses de chuva em 15 dias no Rio Grande do Sul

  • O Rio Grande do Sul experimentou uma quantidade de chuva equivalente a cinco meses em apenas 15 dias – de 22 de abril até a última segunda-feira (06);
  • Dados do Cemaden destacam que as cidades de Fontoura Xavier, Caxias do Sul e Bento Gonçalves foram as mais afetadas, com acumulados de chuva de 778 mm, 694 mm e 675 mm, respectivamente. Outras cidades também registraram volumes significativos de chuva, como Soledade e São Francisco de Paula;
  • Embora não esteja entre as cinco cidades com maiores acumulados, Porto Alegre registrou 368 mm de chuva, colocando-a entre as dez cidades mais afetadas do estado;
  • A previsão da Climatempo para os próximos dias (até o fim de semana) indica a possibilidade de mais chuva intensa e fortes rajadas de vento, com a pior situação esperada para este domingo (12).

Dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) analisados pela Climatempo e obtidos pelo G1 mostram as cidades onde choveu mais. No pódio, estão: Fontoura Xavier, Caxias do Sul e Bento Gonçalves (confira uma lista no final desta nota).

Leia mais:

Dados mostram acumulados de chuva em cidades do Rio Grande do Sul

Montagem com imagens de satélite de antes e depois das chuvas intensas no Rio Grande do Sul
Antes e depois das chuvas intensas no Rio Grande do Sul (Imagem: Inpe)

No caso de Porto Alegre – com 368 mm de acumulado de chuva no período analisado – a capital gaúcha não aparece entre as cinco cidades do estado com maiores acumulados de chuva. Mas está entre as dez cidades onde choveu mais.

Veja também  Ofertas do dia: seleção de tablets com até 29% off! Aproveite

Em geral, o acumulado de chuva passou dos 300 mm em muitas regiões do Rio Grande do Sul. Para você ter ideia, um milímetro de chuva equivale a um litro de água por metro quadrado.

Confira abaixo registros postados em redes sociais da inundação na região metropolitana de Porto Alegre:

Veja a lista dos maiores acumulados de chuva no Rio Grande do Sul no período analisado:

  • Fontoura Xavier: 778 mm;
  • Caxias do Sul: 694 mm;
  • Bento Gonçalves: 675 mm;
  • Soledade: 629 mm;
  • São Francisco de Paula: 576 mm;
  • Três Coroas: 553 mm;
  • Santa Maria: 544 mm;
  • Teutônia: 511 mm;
  • Porto Alegre: 368 mm.

A previsão do tempo para os próximos dias (até este fim de semana) no estado é de novos episódios de chuva intensa e fortes rajadas de vento. O pior cenário deve ser observado neste domingo (12), segundo meteorologistas da Climatempo.

O post Em 15 dias, chove o esperado para cinco meses no Rio Grande do Sul apareceu primeiro em Olhar Digital.

Veja também  Novo Echo Show 8: Amazon muda visual e ‘turbina’ o smart speaker

Powered by WPeMatico

Origem da Notícia
https://olhardigital.com.br/2024/05/08/ciencia-e-espaco/em-15-dias-chove-o-esperado-para-cinco-meses-no-rio-grande-do-sul/
Autor: {autor}

Cinco meses em 15 dias. Esse foi o tanto que choveu no Rio Grande do Sul entre 22 de abril e a última segunda-feira (06). Explicando: no período em questão (15 dias), choveu o tanto que se estimava chover em cinco meses no estado.

Cinco meses de chuva em 15 dias no Rio Grande do Sul

  • O Rio Grande do Sul experimentou uma quantidade de chuva equivalente a cinco meses em apenas 15 dias – de 22 de abril até a última segunda-feira (06);
  • Dados do Cemaden destacam que as cidades de Fontoura Xavier, Caxias do Sul e Bento Gonçalves foram as mais afetadas, com acumulados de chuva de 778 mm, 694 mm e 675 mm, respectivamente. Outras cidades também registraram volumes significativos de chuva, como Soledade e São Francisco de Paula;
  • Embora não esteja entre as cinco cidades com maiores acumulados, Porto Alegre registrou 368 mm de chuva, colocando-a entre as dez cidades mais afetadas do estado;
  • A previsão da Climatempo para os próximos dias (até o fim de semana) indica a possibilidade de mais chuva intensa e fortes rajadas de vento, com a pior situação esperada para este domingo (12).

Dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) analisados pela Climatempo e obtidos pelo G1 mostram as cidades onde choveu mais. No pódio, estão: Fontoura Xavier, Caxias do Sul e Bento Gonçalves (confira uma lista no final desta nota).

Leia mais:

Veja também  Star Wars: novo trailer de Ahsoka mostra personagem importantíssimo; veja

Dados mostram acumulados de chuva em cidades do Rio Grande do Sul

Montagem com imagens de satélite de antes e depois das chuvas intensas no Rio Grande do Sul
Antes e depois das chuvas intensas no Rio Grande do Sul (Imagem: Inpe)

No caso de Porto Alegre – com 368 mm de acumulado de chuva no período analisado – a capital gaúcha não aparece entre as cinco cidades do estado com maiores acumulados de chuva. Mas está entre as dez cidades onde choveu mais.

Em geral, o acumulado de chuva passou dos 300 mm em muitas regiões do Rio Grande do Sul. Para você ter ideia, um milímetro de chuva equivale a um litro de água por metro quadrado.

Confira abaixo registros postados em redes sociais da inundação na região metropolitana de Porto Alegre:

Veja a lista dos maiores acumulados de chuva no Rio Grande do Sul no período analisado:

  • Fontoura Xavier: 778 mm;
  • Caxias do Sul: 694 mm;
  • Bento Gonçalves: 675 mm;
  • Soledade: 629 mm;
  • São Francisco de Paula: 576 mm;
  • Três Coroas: 553 mm;
  • Santa Maria: 544 mm;
  • Teutônia: 511 mm;
  • Porto Alegre: 368 mm.

A previsão do tempo para os próximos dias (até este fim de semana) no estado é de novos episódios de chuva intensa e fortes rajadas de vento. O pior cenário deve ser observado neste domingo (12), segundo meteorologistas da Climatempo.

O post Em 15 dias, chove o esperado para cinco meses no Rio Grande do Sul apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: