Em um mês de funcionamento, zona azul em Piracicaba arrecada R$ 84 mil, diz prefeitura


Neste primeiro mês, o uso do aplicativo e pontos de vendas representaram 59,47% da ativação dos tickets, segundo a prefeitura. Fiscalização da nova zona azul de Piracicaba será por videomonitoramento
Edijan Del Santo/EPTV
Em um mês de funcionamento, o sistema de zona azul, arrecadou R$ 84.071,10 em Piracicaba (SP). A cobrança do estacionamento rotativo começou em 5 de junho, depois de mais de um ano suspensa até que a licitação fosse concluída.
Neste primeiro mês, o uso do aplicativo e pontos de vendas representaram 59,47% da ativação dos tickets, segundo a prefeitura.
Segundo a prefeitura, desse total arrecadado, o contrato prevê repasse de 17%. Dessa participação serão 5% para o Fundo de Educação de Trânsito e 5% para o Fundo de Sinalização de Trânsito, além de 7% para o Fundo Municipal de Trânsito.
“Esses valores serão integralmente investidos em campanhas de trânsito e sinalização de trânsito na nossa cidade, dando prioridade à segurança dos pedestres e motoristas”, diz nota oficial enviada pela prefeitura.
Em relação às multas, a prefeitura informou que não houve arrecadação porque o Conselho Nacional de Trânsito estabelece que o prazo par expedição de notificações de penalidades é de 180 dias da infração.
Ainda de acordo com a administração, no primeiro mês foi realizado um trabalho de informação aos usuários, para que conhecessem os meios de pagamento, tarifas, vagas, tempo de estacionamento e demais detalhes.
“Do ponto de vista técnico, o sistema atende as necessidades do usuário em encontrar vagas livres nas áreas de Zona Azul. Os usuários têm à disposição vários meios de pagamento para ativação dos tickets de estacionamento e que com o passar do tempo serão aperfeiçoados com novas tecnologias, buscando sempre a democratização dos espaços públicos.”
Parquímetro da zona azul em rua de Piracicaba
Isabela Borghese/ Prefeitura de Piracicaba
Como funciona a zona azul?
Conforme divulgado pela prefeitura na época do início do serviço, toda a fiscalização do estacionamento rotativo é realizada por videomonitoramento, sem a presença de monitores para alertar motoristas, o que ocorria anteriormente.
Os pagamentos ainda podem ser realizados por meio dos parquímetros, com moedas. Além disso, haverá cerca de 70 pontos de venda, onde também serão aceitos compras via PIX e cartão.
Há, ainda, a possibilidade de baixar o aplicativo Zona Azul Piracicaba para fazer a compra de créditos ou consultar os pontos de venda.
Os valores são:
30 minutos: R$ 1,50
60 minutos: R$ 2,50
90 minutos: R$ 3,00
120 minutos: R$ 3,50
VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e região
Veja mais notícias da região no g1 Piracicaba

Veja também  Investigações identificam suspeitos de furtar duas igrejas católicas em menos de uma semana em Presidente Prudente

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2023/07/07/em-um-mes-de-funcionamento-zona-azul-em-piracicaba-arrecada-r-84-mil-diz-prefeitura.ghtml
Autor: {authorlink}

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: