Entenda como o Flamengo já fez Sampaoli recusar o Palmeiras


Treinador argentino disse que não fechou com o rival de sábado em 2020 porque time não conseguiria competir com o Rubro-Negro Atualmente no comando do Flamengo, Jorge Sampaoli quase foi treinador do Palmeiras em 2020, rival da partida de sábado, no Allianz Parque, às 21h, pelo Campeonato Brasileiro. O acerto ficou por detalhes há três anos e só não aconteceu por um motivo: o próprio Flamengo.
Sampaoli relembra negociação com Palmeiras: “Se ficasse, era para ganhar do Flamengo”
No ano passado, o treinador argentino, em entrevista ao antigo programa do sportv “Bem, Amigos!”, revelou que não acertou com o Palmeiras porque não achava que a equipe tinha condições de competir com o Flamengo, então campeão da Libertadores e da Copa do Brasil.
– Sobre o Palmeiras, tive uma reunião com o presidente. Mas, naquele momento, se eu ficasse no Brasil, era para ganhar do Flamengo. E entendi que não tinham as condições que eu necessitava e não chegamos a um acordo – revelou Sampaoli.
A justificativa dada na época pelos dirigentes do Palmeiras foi que houve divergências financeiras que impediram a contratação do técnico argentino. Com isso, a diretoria optou por Vanderlei Luxemburgo, que ficou no clube até novembro de 2020, quando acabou demitido e sendo substituído por Abel Ferreira.
Vale destacar que Jorge Sampaoli, em 2019, já havia competido contra o Flamengo e terminou em segundo lugar no Campeonato Brasileiro, no comando do Santos. Por problemas internos e preocupação com a montagem do elenco para a próxima temporada, Sampaoli deixou a equipe santista.
Jorge Sampaoli na partida contra o Flamengo em 2019
Luis Moura / Estadão Conteúdo
Sampaoli sobre Abel Ferreira e Paulo Sousa
Ao ser perguntado sobre quem eram as duas melhores equipes do futebol brasileiro, Sampaoli escolheu Flamengo e Palmeiras. O treinador argentino elogiou o trabalho de Abel Ferreira e cutucou Paulo Sousa, que havia sido demitido em junho de 2022, dois meses antes do programa.
– A organização do Palmeiras, sem demasiadas contratações de excelência, tem o nível de compromisso técnica e tática de alto nível. É muito difícil bater o Palmeiras – analisou Sampaoli, que completou:
Em 2022, Jorge Sampaoli questionou trabalho de Paulo Sousa no Flamengo: “Ilógico”
– O Flamengo, no atual estado de ânimos dos jogadores, com a qualidade e a sequência natural de ataque, parece ilógico que esteve em 14º (no Brasileiro). Quando treinador pensa que o jogador tem que se adaptar ao seu estilo e não ao contrário, o fracasso está assegurado. Sigo pensado que futebol não é do treinador, mas dos jogadores.
+ Leia mais notícias do Flamengo
Abel Ferreira x Sampaoli
Os treinadores nunca estiveram à beira do campo na mesma partida, mas já se “enfrentaram” duas vezes. Curiosamente, o Palmeiras anunciou Abel Ferreira três dias antes do confronto contra o Atlético-MG, no dia 30 de outubro de 2020. No entanto, não deu para o português comandar a partida contra o Galo de Sampaoli, e a partida terminou em um 3 a 0 para a equipe paulista.
Initial plugin text
No entanto, no confronto do segundo turno do Brasileirão 2020, terminado no ano seguinte devido à pandemia, Sampaoli estava suspenso e não comandou a equipe à beira do campo, que foi dirigida por Jorge Desio, auxiliar argentino, na vitória por 2 a 0 contra o Palmeiras, a despedida do treinador do Atlético-MG. Sampaoli deixou a equipe para assumir o Marseille.
🎧 Ouça o podcast ge Flamengo 🎧
Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

Veja também  FNF e clubes pedem retorno de patrocínio do governo do RN ao Campeonato Potiguar

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2023/07/07/entenda-como-o-flamengo-ja-fez-sampaoli-recusar-o-palmeiras.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: