Ex-campeão mundial, youtuber e ex-UFC: a carreira de Anderson Silva no boxe


Multicampeão de MMA, Spider retomou sua trajetória no boxe em 2021, depois de deixar o Ultimate Anderson Silva já tem data para dizer adeus ao público brasileiro. Consagrado no UFC, com 16 vitórias seguidas e 10 defesas de título na categoria dos médios, o Spider se despede do Brasil em luta de boxe no dia 15 de junho. Mas essa não será a primeira vez que Anderson entra em um ringue.
+ Siga o canal de MMA, boxe e outras lutas do ge no WhatsApp!
Anderson Silva se ajoelha em despedida do UFC
Getty Images
Nos últimos três anos o brasileiro tem se dedicado ao boxe, mas sua história com pugilismo começou em 1998. Na ocasião, Anderson enfrentou o também brasileiro Osmar Luiz Teixeira, no Paraná, e foi derrotado no primeiro round. Em 2005, pouco antes de assinar com o Ultimate, o atleta enfrentou o compatriota Julio Cesar De Jesus, em Salvador, na Bahia, e venceu o combate por nocaute no segundo round.
Retornando ao boxe em 2021, o brasileiro enfrentou um senhor desafio: o mexicano Julio César Chávez Jr, ex-campeão mundial no peso-médio e filho do lendário Julio César Chávez. O combate aconteceu no Estádio Jalisco, em Guadalajara, México. O Spider surpreendeu e saiu vencedor por decisão dividida. No ringue, Anderson foi superior física e tecnicamente. Depois de dois rounds, a luta começou a esquentar. O brasileiro mostrou o lado provocador que já era consagrado no MMA, chamou o adversário para o combate e tentou mais golpes. A partir do quarto assalto, o brasileiro passou a dominar e venceu o combate.
Anderson Silva acerta golpes em Julio César Chávez Jr.
Jam Media/Getty Images
Pouco mais de dois meses depois, em setembro de 2021, foi a vez de Tito Ortiz, ex-campeão peso-meio-pesado do UFC, encarar a força de Anderson. Diferente da luta que marcou o retorno do brasileiro ao ringue, o combate com o norte-americano foi liquidado ainda no primeiro round. Com 1min21s de combate, durante primeiro momento de ataque, o brasileiro conectou um cruzado de baixo para cima no rosto de Ortiz, que caiu duro no chão. O árbitro não hesitou em determinar o nocaute.
Melhores Momentos de Anderson Silva x Tito Ortiz em Belfort x Holyfield & Silva x Ortiz
Em maio de 2022, Anderson participou de uma luta de exibição de oito rounds contra o brasileiro Bruno “Caveira” Machado, no Oriente Médio. O ex-campeão do UFC foi superior durante todo o confronto, mas o combate terminou sem vencedor definido por nenhum do dois lutadores terem conseguido aplicar um nocaute.
Anderson Silva e Bruno “Caveira” Machado em luta de boxe
Reprodução
Em outubro do mesmo ano, Anderson amargou seu primeiro revés desde que voltou a lutar boxe profissionalmente – desta vez para o youtuber e influenciador Jake Paul (o mesmo que enfrentará Mike Tyson no próximo dia 20 de julho). O norte-americano foi mais agressivo e incisivo nos golpes durante grande parte da luta, conseguiu aplicar um knockdown no último round e garantiu a vitória por decisão unânime (77-74, 78-73 e 78-73).
Jake Paul venceu Anderson Silva por decisão unânime
Getty Images
Anderson Silva perde para o americano Jake Paul em luta de boxe
Esta será a sexta luta de boxe na carreira de Anderson Silva. Nos mais de 16 anos de trajetória no MMA, o brasileiro soma 34 vitórias e 11 derrotas. Seu cartel de boxe soma três triunfos e dois reveses.

Veja também  Governo vai revogar decisão que limitaria voos do Santos Dumont a distância máxima de 400 km do Rio

Assine o Combate e veja o melhor do mundo das lutas

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/combate/noticia/2024/05/16/ex-campeao-mundial-youtuber-e-ex-ufc-a-carreira-de-anderson-silva-no-boxe.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: