Hélio diz que meio de campo do Paysandu foi nulo e diz que Remo não ganhou por pouco


Primeira partida da semifinal da Copa Verde termina em empate sem gols, na noite da quarta-feira, no Mangueirão Após o empate sem gols com o Remo na primeira partida da semifinal da Copa Verde, o treinador do Paysandu, Hélio dos Anjos, afirmou em entrevista coletiva que enfrentou um adversário que irá utilizar quatro táticas diferentes para os próximos três clássicos.
Hélio dos Anjos, técnico do Paysandu
Beatriz Reis/ge Pará
– Nós enfrentamos um adversário que também estava usando uma tática para os quatro jogos, pois tem muita coisa que eles sabem que podemos aproveitar. Eles fizeram um primeiro tempo arriscando tudo e o meu time não equilibrou a competitividade. O problema foi o meio campo. O meio foi nulo física e taticamente. Temos uma marcação mais adiantada e fizemos isso. Ficou o Nicolas batendo com os zagueiros. Ficamos jogando com o meio muito disperso. O João teve que correr para os dois lados, não conseguiu centralizar.
Paysandu e Remo desperdiçam chances e empatam sem gols na semifinal Copa Verde
Hélio citou que o Paysandu teve trabalho de passar pelo setor de meio de campo do Remo e foi preciso criar jogadas pelas beiradas para poder entrar na área adversária.
– Ele tem quatro jogadores no meio. A situação deles é essa. Nós saímos duas vezes pelo meio e eles roubaram. O meio campo está poluído, sai pelas laterais. Pagamos muito. Poderíamos ter pago muito alto porque a competitividade do meio foi zero, na minha concepção. Não conseguimos chegar no adversário, eles armaram jogo, apertaram. Eles apostaram num centroavante que bate no zagueiro. Isso tudo criou dificuldade.
Para da quarta-feira, que ocorreu no Mangueirão, o treinador falou que perdeu uma peça importante do elenco, o atacante Jean Dias, que está se recuperando de lesão na coxa.
– De última hora tive um problema com o Jean, perdi uma bela alternativa. Não na função do Edinho, que fez um grande jogo flutuante com bola longa. Não jogamos nada do lado esquerdo. Eu cobrei e melhoramos com o homem que vinha de trás. Já o Robinho mistura o jogo, é muito produtivo, uma peça tática da competição. Eu comecei a afundar o time deles para dentro do campo, aí conseguimos ir para o jogo. Eles apostaram tudo no primeiro tempo e por pouco não ganharam o jogo. Eu sou consciente disso.
O próximo jogo do Paysandu será domingo, dia 7, às 17h, no Mangueirão, pela partida de ida da final do Campeonato Paraense. A volta da semifinal da Copa Verde ocorre na próxima quarta-feira, dia 10, às 20h, também no Olímpico do Pará.

Veja também  Xavi critica post de diretor do Barcelona contra Vinicius Junior

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/pa/futebol/copa-verde/noticia/2024/04/04/helio-diz-que-meio-de-campo-do-paysandu-foi-nulo-por-pouco-nao-ganharam.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: