IA ajuda tutores a encontrar animais desaparecidos após enchentes no RS

As enchentes históricas que atingem o Rio Grande do Sul também separaram tutores de seus pets. Segundo dados do governo gaúcho, cerca de 10 mil animais foram resgatados até agora. Para ajudar neste reencontro, um casal de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, criou uma plataforma que utiliza inteligência artificial (IA).

Leia mais

Cadastro de animais desaparecidos

A ferramenta usa um software da Monday.com, que está servindo como a base de dados e o modelo de IA da empresa Pix Force. Através de um formulário (clique aqui para acessar), o tutor cadastra seu animal perdido, usando fotos de boa qualidade e preenchendo campos como “nome do pet”, “sexo”, “cor”, “porte”. Além disso, adiciona um WhatsApp de contato.

Os animais que estão em abrigos são cadastrados em um outro link, preenchendo as mesmas características e anexando imagens. Qualquer pessoa que esteja com pets separados dos tutores pode informar a situação pelo e-mail gustavo.furtado@a-players.io ou pelo WhatsApp (51) 99205-5082. As informações são da Exame.

Imagem para ilustrar matéria sobre a crise no Rio Grande do Sul
Enchentes no Rio Grande do Sul (Imagem: Gilvan Rocha/Agência Brasil/Reprodução)

Tragédia climática no Rio Grande do Sul

  • De acordo com o mais recente balanço da Defesa Civil, subiu para 149 o número de mortes confirmadas pelas fortes chuvas e enchentes que atingem o estado gaúcho.
  • São 108 pessoas desaparecidas, mais de 538 mil desalojadas e aproximadamente 76 mil em abrigos.
  • A tragédia climática causou impactos severos em 446 dos 497 municípios gaúchos, afetando diretamente mais de dois milhões de pessoas.
  • O lago Guaíba atingiu o maior nível da história, passando dos 5 metros e 30 centímetros.
  • Apesar da água ter baixado nos últimos dias, as intensas chuvas que voltaram a atingir o estado fizeram o nível dos rios voltarem a subir.
  • Um dos pontos que continua completamente alagado em Porto Alegre é o Aeroporto Internacional Salgado Filho, que anunciou a suspensão de todas as operações até o final de agosto.
  • Na região Sul, a Lagoa dos Patos também começou a inundar alguns municípios, caso de Rio Grande.
  • Em 2023, uma série de desastres climáticos causou uma verdadeira devastação no Rio Grande do Sul.
  • Foram registradas 16 mortes em junho, 54 em setembro e outras 5 em novembro.
Veja também  HIV: carga viral elevada durante infecção pode moldar evolução viral

O post IA ajuda tutores a encontrar animais desaparecidos após enchentes no RS apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Origem da Notícia
https://olhardigital.com.br/2024/05/16/pro/ia-ajuda-tutores-a-encontrar-animais-desaparecidos-apos-enchentes-no-rs/
Autor: {autor}

As enchentes históricas que atingem o Rio Grande do Sul também separaram tutores de seus pets. Segundo dados do governo gaúcho, cerca de 10 mil animais foram resgatados até agora. Para ajudar neste reencontro, um casal de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, criou uma plataforma que utiliza inteligência artificial (IA).

Leia mais

Cadastro de animais desaparecidos

A ferramenta usa um software da Monday.com, que está servindo como a base de dados e o modelo de IA da empresa Pix Force. Através de um formulário (clique aqui para acessar), o tutor cadastra seu animal perdido, usando fotos de boa qualidade e preenchendo campos como “nome do pet”, “sexo”, “cor”, “porte”. Além disso, adiciona um WhatsApp de contato.

Os animais que estão em abrigos são cadastrados em um outro link, preenchendo as mesmas características e anexando imagens. Qualquer pessoa que esteja com pets separados dos tutores pode informar a situação pelo e-mail gustavo.furtado@a-players.io ou pelo WhatsApp (51) 99205-5082. As informações são da Exame.

Imagem para ilustrar matéria sobre a crise no Rio Grande do Sul
Enchentes no Rio Grande do Sul (Imagem: Gilvan Rocha/Agência Brasil/Reprodução)

Tragédia climática no Rio Grande do Sul

  • De acordo com o mais recente balanço da Defesa Civil, subiu para 149 o número de mortes confirmadas pelas fortes chuvas e enchentes que atingem o estado gaúcho.
  • São 108 pessoas desaparecidas, mais de 538 mil desalojadas e aproximadamente 76 mil em abrigos.
  • A tragédia climática causou impactos severos em 446 dos 497 municípios gaúchos, afetando diretamente mais de dois milhões de pessoas.
  • O lago Guaíba atingiu o maior nível da história, passando dos 5 metros e 30 centímetros.
  • Apesar da água ter baixado nos últimos dias, as intensas chuvas que voltaram a atingir o estado fizeram o nível dos rios voltarem a subir.
  • Um dos pontos que continua completamente alagado em Porto Alegre é o Aeroporto Internacional Salgado Filho, que anunciou a suspensão de todas as operações até o final de agosto.
  • Na região Sul, a Lagoa dos Patos também começou a inundar alguns municípios, caso de Rio Grande.
  • Em 2023, uma série de desastres climáticos causou uma verdadeira devastação no Rio Grande do Sul.
  • Foram registradas 16 mortes em junho, 54 em setembro e outras 5 em novembro.
Veja também  Galaxy Book 4: a linha ‘mais inteligente’ de notebooks da Samsung

O post IA ajuda tutores a encontrar animais desaparecidos após enchentes no RS apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: