Juventude deixa o Jaconi confiante por titulo gaúcho na Arena mesmo com empate


Após igualdade, jogadores mantêm o discurso alinhado de que é possível conquistar o título fora de casa O placar zerado com o Grêmio no primeiro jogo da final do Gauchão não diminuiu em nada a confiança do Juventude na busca pelo segundo título estadual da história. Apesar de não conseguir uma vantagem no Alfredo Jaconi, o otimismo segue discurso de todos. Tanto o técnico Roger Machado como os jogadores acreditam que é possível repetir, no mínimo, o feito da semifinal para conquistar a taça.
Roger Machado fala sobre o primeiro duelo da final do Gauchão
Para o meia Jean Carlos, a decisão está aberta e o Juventude está preparado para buscar o título fora de casa, em Porto Alegre. O goleiro Caíque acabou o duelo deste sábado como principal nome do Tricolor no Jaconi.
– Está em aberto. Estamos preparados mentalmente, fisicamente, agora tem uns dias para descansar e analisar bem. A gente está esperançoso, está confiante para ir lá e buscar o título. Sabemos que o jogo vai ser difícil, casa cheia e com certeza vão querer esse título, mas queremos também. É se preparar para buscar o título lá – afirmou o camisa 20.
Juventude 0 x 0 Grêmio | Melhores momentos | Final do Campeonato Gaúcho
Na busca pelo estadual, o time de Caxias do Sul se inspira em um feito que está bem fresco na memória dos torcedores. Depois de ficar também no 0 a 0 no jogo de ida, o Papo garantiu a classificação a grande final ao empatar com o Inter em 1 a 1 e superar o adversário nos pênaltis, em pleno Beira-Rio.
Na zona mista após o confronto, Alan Ruschel, capitão da equipe, fez questão de lembrar o feito da equipe na fase anterior ao desbancar o favorito ao título. De acordo com o lateral, esse ponto serve de motivação para acreditar em um resultado positivo na Arena.
– Cada jogo é um jogo diferente. A gente também estava com resultado aqui com o Inter de 0 a 0 e chegou lá e conseguiu a classificação. É um jogo diferente, a gente não tomou gol. É um fato importante e a gente vai para lá agora em busca da nossa vitória. De qualquer situação a gente joga pra vencer o jogo, em nenhum momento a gente vai jogar para empatar – opinou.
Jean Carlos, meia do Juventude
Fernando Alves/Juventude
Para surpreender mais uma vez longe dos seus domínios, Ruschel destaca que é preciso ter um pouco mais de ímpeto ofensivo, aspecto que faltou em determinados momentos do jogo da ida no Alfredo Jaconi para o capitão.
– Agora é ver o que a gente errou neste jogo. Fizemos uma boa partida, neutralizamos o Grêmio no segundo tempo, mas precisamos ter um poder ofensivo um pouco maior na Arena para conseguir a vitória – arrematou o lateral-esquerdo.
A confiança também é alimentada pela sequência positiva nos momentos decisivos no início da temporada. Desde as quartas de finais do Gauchão, quando goleou o Guarany por 4 a 0, o Ju está invicto. Entre estadual e Copa do Brasil, são cinco jogos com duas vitórias e três empates, resultados que, pelo menos, levam a decisão na Arena para as penalidades máximas.
Dentro das quatro linhas, o técnico Roger Machado pode ter um acréscimo importante para o jogo da volta. Recuperado de uma lesão na panturrilha, o volante Mandaca deve ficar à disposição. Em contrapartida, o atacante Edson Carioca, que deixou a partida ainda no primeiro com uma lesão muscular, será reavaliado no decorrer da semana.

Veja também  Palmeiras se iguala em pontos com o líder do Brasileiro e joga pressão no Botafogo; simule os jogos

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/rs/futebol/times/juventude/noticia/2024/03/31/juventude-deixa-o-jaconi-confiante-por-titulo-gaucho-na-arena-mesmo-com-empate.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: