Mãe é presa por suspeita de mandar matar o próprio filho no Ceará


Vítima, de 21 anos, foi socorrida pela própria mãe após ser ferida a pauladas, mas morreu antes de receber atendimento médico. Maria Graciene de Almeida Nascimento, de 53 anos, foi presa por suspeita de mandar matar o filho de 21 anos, em Beberibe.
Arquivo pessoal
Uma mulher de 53 anos foi presa, nesta quinta-feira (6), suspeita de mandar matar o filho de 21 anos no município de Beberibe, no litoral Leste do Ceará. Um adolescente de 16 anos, apontado como executor do crime, foi apreendido.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
A vítima foi atingida por pauladas, chegou a ser socorrida, mas morreu antes do atendimento médico. O homem assassinado possuía passagens por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e invasão de domicílio.
Investigações apontaram que a motivação foi vingança, pois dias antes de morrer, o homem tentou atear fogo na casa da mãe.
Prisões
Após investigações, a Polícia Civil identificou que a mãe, que chegou a socorrer o filho, foi a mandante da morte dele.
Com os detalhes sobre o crime, policiais apreenderam o adolescente de 16 anos, que já possui atos infracionais por tráfico de drogas e crime contra a administração pública e foi um dos executores.
Em seguida, os policiais prenderam a mãe da vítima, Maria Graciene de Almeida Nascimento. Ela e o adolescente foram conduzidos à delegacia.
Na unidade, a mulher foi autuada e flagrante por homicídio qualificado. Já contra o adolescente foi registrado um ato infracional análogo ao mesmo crime. A polícia segue com as investigações para capturar os outros suspeitos, que já foram identificados.
Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto

Veja também  Covid-19: veja onde Macapá e Santana ofertam vacinas em 26 de julho

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2023/07/07/mae-e-presa-por-suspeita-de-mandar-matar-o-proprio-filho-no-ceara.ghtml
Autor: {authorlink}

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: