Maior rede quântica existente é testada com sucesso nos EUA

As redes quânticas funcionam de forma semelhante às redes tradicionais: elas transmitem as informações de um ponto a outro, mas com melhorias. O segredo está na mecânica quântica, que permite a transmissão segura “à prova de hackers” e faz a tecnologia despontar como o futuro das telecomunicações.

Há esperança, assim como desafios práticos. Um novo teste da Universidade de Harvard recentemente superou alguns deles ao demonstrar a ligação da maior rede quântica existente em Boston (EUA), em ambiente urbano.

Leia mais:

Maior rede quântica testada

O teste aconteceu em rede quântica já existente nos EUA e demonstrou a transmissão mais longa entre dois pontos de fibra ótica.

Na verdade, os dois extremos estavam localizados no mesmo prédio, a apenas um andar de diferença, mas os pesquisadores propositalmente escolheram o caminho mais difícil. Eles alongaram a rede, que percorreu 35 quilômetros de um ponto a outro.

A internet quântica já percorreu distâncias maiores, mas a inovação do experimento atual está nos extremos.

Imagem mostrando computação quântica
Imagem: Pexels

O IFLScience explicou:

  • Uma rede padrão usa repetidores de sinal de fibra óptica, que combinam receptores, amplificadores elétricos e transmissores para funcionar. O sinal é captado, convertido em versão elétrica e, depois, transformado em luz para novamente ser enviado pela rede;
  • Esse processo aumenta o alcance, mas não funciona para a rede quântica;
  • O problema é na física: a informação quântica não pode ser manipulada dessa forma porque está emaranhada entre si (isso é o que a torna tão segura);
  • O sistema dos pesquisadores de Harvard funciona de forma que cada extremidade seja um computador quântico que armazena, processa e movimenta informações;
  • Essa é a maior rede quântica capaz de fazer isso atualmente.
Veja também  Helicóptero quebrado da NASA é fotografado por ex-companheiro em Marte
Percurso da rede quântica em Boston (Imagem: Reprodução/Can Knaut via OpenStreetMap)

Benefícios da pesquisa

Segundo o professor Mikhail Lukinm, autor sênior do estudo, o teste mostra que duas extremidades da rede quântica podem ser emaranhadas em ambiente real e movimentado, algo positivo para a implementação prática da tecnologia.

Mostrar que os nós da rede quântica podem ser emaranhados no ambiente do mundo real de área urbana muito movimentada é passo importante em direção à rede prática entre computadores quânticos.

Mikhail Lukinm, professor e autor sênior da pesquisa

O estudo completo foi publicado na Nature.

O post Maior rede quântica existente é testada com sucesso nos EUA apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Origem da Notícia
https://olhardigital.com.br/2024/05/16/ciencia-e-espaco/maior-rede-quantica-existente-e-testada-com-sucesso-nos-eua/
Autor: {autor}

As redes quânticas funcionam de forma semelhante às redes tradicionais: elas transmitem as informações de um ponto a outro, mas com melhorias. O segredo está na mecânica quântica, que permite a transmissão segura “à prova de hackers” e faz a tecnologia despontar como o futuro das telecomunicações.

Há esperança, assim como desafios práticos. Um novo teste da Universidade de Harvard recentemente superou alguns deles ao demonstrar a ligação da maior rede quântica existente em Boston (EUA), em ambiente urbano.

Leia mais:

Maior rede quântica testada

O teste aconteceu em rede quântica já existente nos EUA e demonstrou a transmissão mais longa entre dois pontos de fibra ótica.

Na verdade, os dois extremos estavam localizados no mesmo prédio, a apenas um andar de diferença, mas os pesquisadores propositalmente escolheram o caminho mais difícil. Eles alongaram a rede, que percorreu 35 quilômetros de um ponto a outro.

Veja também  Ofertas do dia: até 42% off em notebooks!

A internet quântica já percorreu distâncias maiores, mas a inovação do experimento atual está nos extremos.

Imagem mostrando computação quântica
Imagem: Pexels

O IFLScience explicou:

  • Uma rede padrão usa repetidores de sinal de fibra óptica, que combinam receptores, amplificadores elétricos e transmissores para funcionar. O sinal é captado, convertido em versão elétrica e, depois, transformado em luz para novamente ser enviado pela rede;
  • Esse processo aumenta o alcance, mas não funciona para a rede quântica;
  • O problema é na física: a informação quântica não pode ser manipulada dessa forma porque está emaranhada entre si (isso é o que a torna tão segura);
  • O sistema dos pesquisadores de Harvard funciona de forma que cada extremidade seja um computador quântico que armazena, processa e movimenta informações;
  • Essa é a maior rede quântica capaz de fazer isso atualmente.
Percurso da rede quântica em Boston (Imagem: Reprodução/Can Knaut via OpenStreetMap)

Benefícios da pesquisa

Segundo o professor Mikhail Lukinm, autor sênior do estudo, o teste mostra que duas extremidades da rede quântica podem ser emaranhadas em ambiente real e movimentado, algo positivo para a implementação prática da tecnologia.

Mostrar que os nós da rede quântica podem ser emaranhados no ambiente do mundo real de área urbana muito movimentada é passo importante em direção à rede prática entre computadores quânticos.

Mikhail Lukinm, professor e autor sênior da pesquisa

O estudo completo foi publicado na Nature.

O post Maior rede quântica existente é testada com sucesso nos EUA apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: