Monólito misterioso, “Pedra do desejo” esconde segredos do império hitita

As ruínas do Grande Templo de Hattusa, localizado onde hoje fica a Turquia, são cercadas de mistérios. O principal deles diz respeito a um monólito de nefrite, um enorme pedaço de pedra esculpido na forma de um cubo.

Leia mais

Pedra do desejo

Chamada de “pedra do desejo”, a estrutura foi construída pelo império hitita, que se estabeleceu na área por volta de 2.000 a.C. e se tornou uma das potências dominantes do Oriente Médio em 1.340 a.C. A capital, Hattusa, provavelmente abrigou entre 40 mil e 50 mil pessoas no auge da civilização.

Historiadores afirmam que a grande cidade abrigava uma série de templos, residências reais e fortificações. O local foi sendo gradualmente abandonado ao longo de várias décadas por volta de 1.200 a.C.

Apesar disso, muitas dessas estruturas sobreviveram até hoje. Entre elas estão o Grande Templo e a misteriosa pedra localizada dentro dele. As informações são do IFLScience.

“Pedra do desejo” do império hitita (Imagem: Sailingstone Travel/Shutterstock)

Estrutura pode ter sido utilizada em cultos religiosos

  • Diversos estudos foram realizados para tentar descobrir qual o propósito da “pedra do desejo”, mas sem sucesso.
  • Arqueólogos afirmam que a estrutura é diferente de outras pedras localizadas no sítio arqueológico.
  • Algumas teorias apontam que ela pode ter tido um significado religioso, com cultos predominantes no Império Hitita, como visto em um assentamento próximo de Alaca Höyük.
  • O local teria sido dedicado à deusa do Sol.
  • No entanto, não foi encontrada nenhuma inscrição ou indício que corrobore com esta possibilidade.
  • Outra sugestão é que a pedra servisse apenas como base para uma estátua ou outra estrutura.
Veja também  YouTube registra marco de 100 milhões de assinantes

O post Monólito misterioso, “Pedra do desejo” esconde segredos do império hitita apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Origem da Notícia
https://olhardigital.com.br/2024/05/16/ciencia-e-espaco/monolito-misterioso-pedra-do-desejo-esconde-segredos-do-imperio-hitita/
Autor: {autor}

As ruínas do Grande Templo de Hattusa, localizado onde hoje fica a Turquia, são cercadas de mistérios. O principal deles diz respeito a um monólito de nefrite, um enorme pedaço de pedra esculpido na forma de um cubo.

Leia mais

Pedra do desejo

Chamada de “pedra do desejo”, a estrutura foi construída pelo império hitita, que se estabeleceu na área por volta de 2.000 a.C. e se tornou uma das potências dominantes do Oriente Médio em 1.340 a.C. A capital, Hattusa, provavelmente abrigou entre 40 mil e 50 mil pessoas no auge da civilização.

Historiadores afirmam que a grande cidade abrigava uma série de templos, residências reais e fortificações. O local foi sendo gradualmente abandonado ao longo de várias décadas por volta de 1.200 a.C.

Apesar disso, muitas dessas estruturas sobreviveram até hoje. Entre elas estão o Grande Templo e a misteriosa pedra localizada dentro dele. As informações são do IFLScience.

“Pedra do desejo” do império hitita (Imagem: Sailingstone Travel/Shutterstock)

Estrutura pode ter sido utilizada em cultos religiosos

  • Diversos estudos foram realizados para tentar descobrir qual o propósito da “pedra do desejo”, mas sem sucesso.
  • Arqueólogos afirmam que a estrutura é diferente de outras pedras localizadas no sítio arqueológico.
  • Algumas teorias apontam que ela pode ter tido um significado religioso, com cultos predominantes no Império Hitita, como visto em um assentamento próximo de Alaca Höyük.
  • O local teria sido dedicado à deusa do Sol.
  • No entanto, não foi encontrada nenhuma inscrição ou indício que corrobore com esta possibilidade.
  • Outra sugestão é que a pedra servisse apenas como base para uma estátua ou outra estrutura.
Veja também  Supercomputador capaz de simular cérebro humano será ligado em 2024

O post Monólito misterioso, “Pedra do desejo” esconde segredos do império hitita apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: