Oito jogadores do Pombal no Paraibano reclamam de salários atrasados na Justiça do Trabalho


Atletas alegam não pagamento de salários e de verbas referentes às rescisões do contrato, além da falta de recolhimento do FGTS e de valores referente a proporcionais de férias e do 13º Pelo menos oito jogadores do Pombal, que disputam o Campeonato Paraibano pelo clube, entraram com ações na Justiça do Trabalho contra o Carcará, alegando não pagamento de salários e de verbas referentes às rescisões do contrato.
Entraram com ações o zagueiro Lucas Sales, Duarte e Yuri, os meias Daniel e Luis Felipe, os laterais Bafana e Tharlles e o atacante Juninho. A informação foi confirmada com o advogado dos atletas, Thiago Soares.
Tharlles é um dos atletas que entrou com ação contra o clube
Reprodução / TV Cabo Branco
Além do saldo de salários não pagos, os atletas reclamam da falta de pagamento do proporcional de férias e décimo terceiro, além do FGTS de valores de multas contratuais referentes às rescisões no momento da saída dos jogadores.
Nas últimas semanas, alguns atletas usaram as redes sociais para para expor a situação dos atrasos de pagamentos. O clube, admitiu que havia pendências de pagamentos com alguns jogadores. Também nas redes sociais, o presidente do Carcará, Zildo de Souza, disse que ainda falta pagar também fornecedores e que todas as questão serão sanadas após o pagamento do patrocínio do Governo do Estado, através do Detran-PB, ao clube.
Leia mais notícias do esporte paraibano no ge.globo.com/pb

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/pb/futebol/times/pombal/noticia/2024/05/08/oito-jogadores-do-pombal-no-paraibano-reclamam-de-salarios-atrasados-na-justica-do-trabalho.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: