Palmeiras x Flamengo: eficiência ofensiva é destaque dos melhores ataques do Brasileirão


Flamengo está finalizando 40,7% menos do que no início do Brasileirão, e média de conclusões do Palmeiras caiu 31,5%. Equipes duelam neste sábado pela 14ª rodada Dois dos melhores ataques do Brasileirão, Palmeiras e Flamengo se enfrentam neste sábado, às 21h, no Allianz Parque, pela 14ª rodada do torneio. As equipes vêm chamando a atenção quando o assunto é eficiência ofensiva no campeonato e também pela queda no número de finalizações por partida nos últimos jogos.
O Flamengo é o time mais eficiente do Campeonato Brasileiro, com uma média de apenas 6,7 arremates para balançar as redes. O Palmeiras aparece em 4º no ranking, com 8,2 chutes por gol. Confira a lista completa abaixo:
Ranking de eficiência ofensiva
Flamengo cada vez mais eficiente no Brasileiro
Desde a goleada de 4 a 1 sobre o Vasco, o Flamengo teve em média 10,2 finalizações por partida e marcou 12 gols ao todo. Nestes cinco jogos em sequência, a equipe de Jorge Sampaoli furou a defesa adversária a cada 4,4 conclusões.
Sampaoli orienta o time em Flamengo x Goiás pelo Brasileirão
André Durão
Se compararmos com os primeiros cinco jogos do torneio, o Fla teve uma queda 40,7% na produção de arremates e ainda marcou três gols a mais. O time rubro-negro tem o melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 26 gols. Veja as finalizações e a eficiência ofensiva por jogo:
Eficiência ofensiva do Flamengo no Brasileirão
O Palmeiras, por sua vez, passou em branco em dois dos últimos cinco jogos do Brasileirão. Neste recorte, a equipe de Abel Ferreira teve média de 12,6 arremates por partida e balançou as redes oito vezes.
Abel Ferreira em Bahia x Palmeiras
Cesar Greco / Palmeiras
As cinco primeiras partidas do Verdão apresentaram números ofensivos mais positivos: foram 15 gols marcados e uma média de 18,4 finalizações por jogo. Veja as finalizações por jogo da equipe alviverde:
Eficiência ofensiva do Palmeiras no Brasileirão
E como saíram os gols marcados por Palmeiras e Flamengo?
Dos 24 gols anotados pelo Palmeiras, 14 saíram a partir de jogadas aéreas, o que representa 58,3% do total. A equipe também aproveitou a bola parada para balançar as redes cinco vezes. Somente dois gols saíram a partir de contra-ataques, e um a partir da marcação-pressão com desarme já no campo de ataque.
Outro detalhe interessante é que apenas um dos gols saiu de arremate de fora da área. Todos os outros 23 gols aconteceram a partir de finalizações de dentro da área.
Endrick gol São Paulo x Palmeiras Campeonato Brasileiro
Marcos Ribolli
O Flamengo, por outro lado, explora menos as jogadas pelo alto, mas utiliza com mais frequência a bola parada como arma ofensiva.. Onze de seus 26 gols no Brasileirão aconteceram a partir de jogadas aéreas – o que representa 42,3% do total. O time rubro-negro anotou oito gols a partir bolas paradas.
São apenas dois gols a partir de contra-ataques e outros dois a partir da marcação-pressão com desarme já no campo de ataque. A equipe anotou três gols de fora da área, e os outros 23 aconteceram de dentro da área.
*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, João Guerra, Leandro Silva, Roberto Maleson, Roberto Teixeira, Valmir Storti e Vitória Lemos.

Veja também  Serginho supera desconfiança e vira herói no Vasco: "Sempre pensei que poderia ajudar"

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/espiao-estatistico/noticia/2023/07/07/palmeiras-x-flamengo-eficiencia-ofensiva-e-destaque-dos-melhores-ataques-do-brasileirao.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: