Prazo final: 2.699 segurados da Ageprev correm o risco de terem vencimentos bloqueados


Para evitar a suspensão dos vencimentos é necessária a atualização cadastral. Agência da Previdência Social
Agência Brasil
Cerca de 2.699 segurados do Regime Próprio de Previdência Social de Mato Grosso do Sul –MS Prev e do SPSM/ MS – Serviço de Proteção Social dos Militares de Mato Grosso do Sul, aos quais estão incluídos aposentados (civis) e militares da reserva ou reformados, além de pensionistas, continuam irregulares em relação ao Censo Previdenciário.
Para evitar a suspensão dos vencimentos é necessária a atualização cadastral. No Executivo se encontra o maior número de segurados irregulares, ou seja, 2.534 não atualizaram seus dados cadastrais.
No Tribunal de Justiça são 136, no Tribunal de Contas 15, na Assembleia Legislativa 11 e, por fim, três no Ministério Publico. Apenas na Defensoria Pública houve a regularização do total de segurados.
Ressalta-se que o prazo final para os beneficiários do MSPrev e do Sistema de Proteção Social dos Militares de Mato Grosso do Sul (SPSM/MS) regularizarem sua situação cadastral será sexta-feira, dia 7 de julho.
Aqueles que não o fizerem, fatalmente, terão bloqueados seus rendimentos do mês de julho que deverão ser liberados no início de agosto, para os que regularizaram seu cadastro.
A regularização pode ser feita de forma On-line, entretanto quem tiver dificuldade poderá comparecer à Unidade de Gestão de Pessoas do órgão de sua lotação, ou à Ageprev ( avenida Mato Grosso, 5.778 – Bloco I), de segunda a sexta-feira, no período de 7h30 às 16h30, munido de todos os documentos indicados no Anexo I. Dúvidas adicionais podem ser dirimidas acessando o site do Censo : www.censo.ms.gov.br.
Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

Veja também  Abertas inscrições para casamento comunitário em Buriti Bravo

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2023/07/07/prazo-final-2699-segurados-da-ageprev-correm-o-risco-de-terem-vencimentos-bloqueados.ghtml
Autor: {authorlink}

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: