Técnico do Juventude aponta favoritismo do Ituano, mas almeja vitória para colar no G-4


Papo enfrenta o Ituano neste sábado, às 17h, no estádio Novelli Júnior, em Itu A campanha de recuperação do Juventude na Série B do Brasileirão continua. Depois de um início ruim na competição, o clube gaúcho engatou uma sequência de resultados positivos sob o comando de Thiago Carpini e quer colar de vez no G-4 no confronto deste sábado contra o Ituano, às 17h, no estádio Novelli Júnior.
Juventude apresenta reforços e amplia opções para Thiago Carpini
Com 15 partidas disputadas, o time de Caxias do Sul ocupa a sétima colocação na tabela, com 24 pontos. No momento, a distância para o primeiro time dentro da zona de classificação, o Novorizontino, é de apenas quatro pontos.
– Ainda pagamos pelo início de campeonato. Nós temos quase 80% de aproveitamento. E dificilmente uma equipe com esse aproveitamento estaria fora do G-4. Infelizmente por isso, em termos de pontuação, não foi o esperado. Mas tudo aconteceu no tempo que tem que acontecer. Não tem que lamentar pelo que passou, é seguir em frente, pontuando, buscando evolução, constância. Para a sequência do campeonato é muito importante essa vitória fora de casa – afirmou o treinador em entrevista coletiva antes da partida.
Veja também
+ Carpini mas faz mistério sobre utilização de reforços
Thiago Carpini, técnico do Juventude
Gabriel Tadiotto/E.C. Juventude
O confronto de sábado marcará o encontro de duas equipes que vivem bom momento na Série B. O Juventude soma duas vitórias seguidas (contra Londrina e Vitória), enquanto o Ituano, do técnico Marcinho, venceu no meio de semana o Mirassol, fora de casa, por 1 a 0. Por esses fatores, Carpini mantém a cautela e transfere o favoritismo para o time mandante.
– Um adversário difícil, sempre é muito difícil jogar em Itu. Um time extremamente organizado, um poder ofensivo e uma transição ofensiva muito rápida e com muita capacidade técnica. Venceram uma partida dificílima fora de casa. Vem em um bom momento, assim como o Juventude. Mas acho que, pelo fator casa, o favoritismo segue do mandante. A responsabilidade de tomar a iniciativa da partida e as ações do jogo. E nós não abrimos mão de fazer aquilo que nos preparamos para fazer – complementou o treinador.

Veja também  América-MG ainda tem chances de ficar na Série A? Benítez opina

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/rs/futebol/times/juventude/noticia/2023/07/07/tecnico-do-juventude-aponta-favoritismo-do-ituano-mas-busca-vitoria-para-colar-no-g-4.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: