Time voluntarioso: jogadores com vocação ofensiva lideram números defensivos do Bahia


Everton Ribeiro é o atleta que mais desarma no Campeonato Brasileiro, com 11 intervenções; Jean Lucas e Caio Alexandre também se destacam Não é só com gols e passes decisivos que Everton Ribeiro e companhia brilham pelo Bahia neste início de Campeonato Brasileiro. Jogadores com vocação ofensiva têm mostrado que são importantes também na fase defensiva da equipe.
Já segue o ge Bahia no WhatsApp e fique por dentro de tudo!
Com início promissor, Bahia iguala número de vitórias do 1° turno do Brasileirão 2023
Capitão e camisa 10 do Bahia, Everton Ribeiro tem oito participações diretas em gols nesta temporada (quatro bolas na rede e quatro assistências). O meia também é o líder de desarmes no Campeonato Brasileiro, com 11 intervenções. Ele está no topo do ranking da competição ao lado de Otávio (Atlético-MG) e Lucas Piton (Vasco). O meia do Esquadrão ainda tem cinco interceptações e cometeu nove faltas.
– É importante essa parte de poder ajudar na marcação. Eu, como capitão, tento dar o exemplo de se desdobrar na hora de marcar para poder recuperar o mais rápido possível. Para sentir aquela parte boa de driblar, marcar, tem que se desdobrar dentro de campo na hora da marcação. É o que eu tento passar para os meus companheiros – disse Everton em entrevista coletiva na última quarta-feira.
Everton Ribeiro em Bahia x Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Mas não é só Everton que se destaca nas estatísticas defensivas. Jean Lucas e Luciano Juba, que também são conhecidos pela força ofensiva, contribuem com interceptações e desarmes na equipe tricolor.
Jean é o segundo em número de desarmes no elenco, com nove. Já Luciano Juba, que se destacou no Sport, em 2023, jogando mais avançado, tem atuado como lateral-esquerdo do Bahia. Ele é o líder em interceptações da equipe, com seis até aqui.
Rogério Ceni, Jean Lucas e Caio Alexandre
Letícia Martins / EC Bahia
Até Thaciano entra no grupo de “voluntários”. Polivalente, o camisa 16 do Bahia é usado por Rogério Ceni no ataque e é artilheiro do time na temporada, com nove gols. Neste Campeonato Brasileiro ele colocou essa experiência em prática e conta com três desarmes e três interceptações.
Thaciano desarma PK em Ba-Vi no Barradão
Victor Ferreira / EC Vitória
Líderes em desarmes e interceptações no Bahia
Em entrevista coletiva após o jogo contra o Bragantino, que marcou a quarta vitória do time na Série A, Rogério Ceni destacou o espírito voluntarioso do time e o quanto isso é importante para buscar boas posições no campeonato.
“Se o Everton entrega tudo que pode na marcação, todos têm que entregar. É a liderança pelo exemplo”, disse Rogério Ceni após a última partida do Bahia.
– Enquanto esse time comprar a ideia que a parte defensiva é essencial, e aí o jogo vamos construir pela qualidade de todos e as trocas de todos. Se pararmos na parte defensiva, a parte de coesão do time, não vamos conseguir brilhar. Se tivermos coesão defensiva, o entendimento que o sistema se sobrepõe a qualquer um, é onde a gente tem chance de conseguir boas posições no campeonato.
Espírito voluntário traz resultados
De Pena, Everton Ribeiro e Caio Alexandre comemoram após vitória contra o Bragantino, pela 6ª rodada do Brasileirão
Tiago Caldas / EC Bahia
Os números defensivos também refletem a atual sincronia do elenco tricolor. No Campeonato Brasileiro, o Bahia só levou um gol em jogos na Arena Fonte Nova, contra o Fluminense. Mais que isso, sob o comando de Rogério Ceni, a equipe só foi vazada em casa cinco vezes nesta temporada.
A consistência defensiva aliada ao bom desempenho dos meias e atacantes trouxeram ao Bahia um animador início de Campeonato Brasileiro . O Esquadrão é o vice-líder e tem os mesmos 13 pontos do líder Athletico-PR. Seis rodadas foram suficientes para igualar o número de vitórias conquistadas durante o primeiro turno em 2023.
A equipe teria uma grande prova de fogo deste domingo, diante do Atlético-MG, outro time forte ofensivamente, mas a CBF suspendeu a sétima e oitava rodadas do Brasileirão em virtude das enchentes no Rio Grande do Sul.
Com isso, ao menos por enquanto, o próximo compromisso do Tricolor será diante do Criciúma, na próxima quinta-feira, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Os clubes se enfrentam às 19h (de Brasília), no Heriberto Hülse.
+ Veja mais notícias sobre o Bahia
+ Veja a tabela do Campeonato Brasileiro
Segue o BAba avalia melhor momento do Bahia na temporada e destaca atletas em alta
*Estagiário sob supervisão do editor Ruan Melo

Veja também  Ceará encerra preparação para primeira final contra o Fortaleza; veja prováveis

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://ge.globo.com/ba/futebol/times/bahia/noticia/2024/05/16/time-voluntarioso-jogadores-com-vocacao-ofensiva-lideram-numeros-defensivos-do-bahia.ghtml
Autor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: