UNIFAC Botucatu inova com uma abordagem dinâmica em palestras e oficinas


Na última quinta-feira do mês, a faculdade recebe em seu anfiteatro os alunos e o palestrante convidado. O papel da mulher também foi destaque nas palestras da UNIFAC
UNIFAC/Divulgação
Inovações são sempre bem-vindas e necessárias quando falamos em educação. Com este viés, a UNIFAC, tradicional faculdade de Botucatu, adotou uma política pedagógica para envolver todos os cursos em palestras e dinâmicas.
O objetivo é proporcionar aos seus alunos e à comunidade um entendimento abrangente sobre temas que impactam a sociedade de maneira geral. Os temas são selecionados pelo grupo de coordenadores dos cursos, com conteúdos relevantes destinados a estimular nos alunos uma análise crítica e a adoção de posturas diante dos acontecimentos sociais.
Toda última quinta-feira do mês, a faculdade recebe em seu anfiteatro seus alunos e o palestrante convidado. Após a exposição do tema, ocorre uma troca de informações entre eles, promovendo o enriquecimento do conhecimento, o desenvolvimento do senso crítico e a ampliação do pensamento dos alunos.
As dinâmicas proporcionam uma vivência relacionada ao tema abordado, incentivando a autorreflexão do aluno e oferecendo a oportunidade de transformar pensamentos em ações concretas.
O projeto teve início em 12 de março, com a presença do Maestro Franklin Ramos e da Banda Sinfônica municipal, os quais realizaram uma apresentação inspiradora no jardim da instituição. O evento foi marcado pela energia contagiante e pelo engajamento dos participantes, inaugurando um ciclo de aprendizado e reflexão que se estende ao longo do ano letivo.
A apresentação da Banda Sinfônica municipal reuniu centenas de alunos
UNIFAC/Divulgação
Também no mês de março, precisamente no dia 28, a instituição teve a honra de receber a ilustre Dra. Cristina Escher, juíza titular da segunda vara criminal da comarca de Botucatu, para uma palestra com o tema “Do direito das mulheres aos direitos fundamentais e deveres do cidadão”. Trata-se de um tema que demanda grande reflexão e atenção, uma vez que o papel da mulher na sociedade atual é de suma importância.
No mês mundial da conscientização do autismo, que ocorre em abril, o curso de Serviço Social da UNIFAC, reconhecido por formar os melhores profissionais da área na região, trouxe no dia 11 a Pedagoga Professora Beatriz Maria de Carvalho para palestrar sobre o tema “Transtorno do Espectro Autista: formas de abordagens e características”.
Dialogar sobre o Transtorno do Espectro Autista traz à tona a reflexão sobre a importância de compreender que nós, seres humanos, somos diversos e que a discussão sobre inclusão, em seu sentido mais amplo, é crucial para construir e desenvolver ações que garantam os direitos previstos em lei.
Compreender a inclusão em seu sentido abrangente não requer apenas informação, mas também ações que capacitam os indivíduos a atuarem na sociedade e exercerem sua cidadania plenamente. O objetivo dessa palestra foi esclarecer, conscientizar e contribuir para o entendimento do TEA; combater o preconceito e a discriminação; promover a inclusão e o acolhimento; e estimular a busca por diagnóstico e a aceitação do transtorno tanto pelo indivíduo quanto por aqueles que convivem com ele.
A palestra foi promovida pelo curso de Serviço Social
UNIFAC/Divulgação
Simultaneamente a essa palestra, a instituição promoveu uma oficina com Silvânia Giandoni do Reis, da Rede de Proteção à Vida, com o propósito de observar em cada um dos participantes a maneira como conduzem seus processos de vida em relação à família, ao trabalho e ao tempo. A dinâmica proporcionou uma nova perspectiva sobre valores, incentivo, autoconfiança, empatia, estima e atitude. Estes são valores que precisam ser lembrados e colocados em prática na nossa sociedade. Um dos pilares que norteiam a UNIFAC é a importância da saúde mental, especialmente em um mundo sobrecarregado de informações e demandas que exigem cada vez mais do ser humano.
A oficina fez sucesso entre os alunos
UNIFAC/Divulgação
Ainda no mês de abril, durante as comemorações do aniversário de Botucatu, a UNIFAC trouxe como convidada a Secretária de Turismo da cidade, Professora Roberta Sogayar, que abordou o tema “Botucatu, Apaixone-se”. O turismo está em pleno crescimento no município, e a Professora Roberta discorreu sobre as diversas atrações do Pólo Cuesta, do qual Botucatu faz parte. Ela destacou desde a deslumbrante paisagem natural até os locais que oferecem não apenas um ambiente encantador para desfrutar o dia, mas também produzem uma variedade de produtos, como queijos, sucos e até vinho.
A UNIFAC demonstra um forte compromisso com a comunidade botucatuense, destacando-se por sua interação e contribuição significativa. Essa interação não só enriquece a formação dos alunos, mas também prepara futuros profissionais conscientes e engajados em construir um mundo melhor.
Com uma agenda extensa de palestras e dinâmicas planejadas para os próximos meses, a UNIFAC reforça seu papel ativo na promoção do conhecimento e do debate na sociedade.
Ao longo de seus 45 anos em Botucatu, a instituição oferece educação de qualidade, com valores que impactam a vida de seus estudantes. Ver seus alunos bem-sucedidos profissionalmente e com famílias estruturadas é motivo de grande orgulho para a UNIFAC, que se consolida como um lugar de importância fundamental na vida de seus egressos.
Conhecer a UNIFAC é conhecer uma instituição que se distingue pelo ensino presencial de qualidade e que carrega consigo o compromisso de formar cidadãos capacitados para o exercício profissional, estimulando o empreendedorismo, a visão crítica, a criatividade e a ética.

Veja também  Lira defende que partidos não protejam deputados que quebraram decoro na promulgação da reforma tributária

Powered by WPeMatico

Origem da Noticia
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/especial-publicitario/especial-publicitario-unifac/noticia/2024/05/16/unifac-botucatu-inova-com-uma-abordagem-dinamica-em-palestras-e-oficinas.ghtml
Autor: {authorlink}

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: