Xiaomi dobra capacidade de produção para atender forte demanda pelo SU7

A Xiaomi vai acelerar o ritmo de produção do SU7 (Speed Ultra 7), o seu primeiro carro elétrico. A mídia chinesa relata que a companhia adicionará em breve mais um turno na planta de Pequim para atender à crescente demanda pelo modelo no país.

Leia mais:

Xiaomi quer produzir 20 mil carros elétricos por mês

  • O novo turno começa a partir de junho e promete elevar a capacidade de produção para 20 mil unidades mensais.
  • A mudança chega para atender à forte demanda pelo SU7 na China. A unidade 10 mil do EV foi entregue nesta quarta-feira (15).
  • Vale lembrar que Lei Jun, CEO e fundador da Xiaomi, havia dito que a fábrica conseguia produzir um carro a cada 76 segundos.
  • A Xiaomi também aumentou pedidos de peças de alguns fornecedores em até 80% e começou a recrutar funcionários para trabalhar no novo turno.
  • As informações são do CarNewsChina.

A fábrica de Pequim também irá passar por expansão prevista para começar este ano. Para 2025, é esperado que a capacidade de produção anual cresça de 150 mil para 300 mil veículos.

Modelo básico do SU7 custa menos de US$ 30 mil (aproximadamente R$ 154 mil) — US$ 4 mil mais barato que o Tesla Model 3 na China. Imagem: Divulgação/Xiaomi
Xiaomi SU7. Imagem: Divulgação/Xiaomi

Sucesso do SU7

Os estoques estão quase esgotados para 2024. O tempo de entrega também pode chegar até 36 semanas dependendo da configuração. Além de aumentar a produção do carro elétrico, a Xiaomi planeja abrir mais de 200 novas lojas no país. Segundo Lei Jun, a meta é entregar 100 mil unidades do SU7 ainda em 2024.

Veja também  Denny, o único híbrido humano conhecido

Primeiro elétrico da Xiaomi registrou 70 mil pedidos 

Lançado no fim de março, o SU7 alcançou em abril a marca de 70 mil reservas. O número foi divulgado pelo CEO da Xiaomi, que acrescentou que o negócio automotivo da empresa permanecerá focado no mercado chinês.

O objetivo da companhia é ambicioso: se tornar uma das cinco maiores fabricantes de automóveis do mundo dentro de 15 a 20 anos.

O post Xiaomi dobra capacidade de produção para atender forte demanda pelo SU7 apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Origem da Notícia
https://olhardigital.com.br/2024/05/15/carros-e-tecnologia/xiaomi-dobra-capacidade-de-producao-para-atender-forte-demanda-pelo-su7/
Autor: {autor}

A Xiaomi vai acelerar o ritmo de produção do SU7 (Speed Ultra 7), o seu primeiro carro elétrico. A mídia chinesa relata que a companhia adicionará em breve mais um turno na planta de Pequim para atender à crescente demanda pelo modelo no país.

Leia mais:

Xiaomi quer produzir 20 mil carros elétricos por mês

  • O novo turno começa a partir de junho e promete elevar a capacidade de produção para 20 mil unidades mensais.
  • A mudança chega para atender à forte demanda pelo SU7 na China. A unidade 10 mil do EV foi entregue nesta quarta-feira (15).
  • Vale lembrar que Lei Jun, CEO e fundador da Xiaomi, havia dito que a fábrica conseguia produzir um carro a cada 76 segundos.
  • A Xiaomi também aumentou pedidos de peças de alguns fornecedores em até 80% e começou a recrutar funcionários para trabalhar no novo turno.
  • As informações são do CarNewsChina.

A fábrica de Pequim também irá passar por expansão prevista para começar este ano. Para 2025, é esperado que a capacidade de produção anual cresça de 150 mil para 300 mil veículos.

Veja também  Motorola Razr 40: belíssimo intermediário dobrável | Review
Modelo básico do SU7 custa menos de US$ 30 mil (aproximadamente R$ 154 mil) — US$ 4 mil mais barato que o Tesla Model 3 na China. Imagem: Divulgação/Xiaomi
Xiaomi SU7. Imagem: Divulgação/Xiaomi

Sucesso do SU7

Os estoques estão quase esgotados para 2024. O tempo de entrega também pode chegar até 36 semanas dependendo da configuração. Além de aumentar a produção do carro elétrico, a Xiaomi planeja abrir mais de 200 novas lojas no país. Segundo Lei Jun, a meta é entregar 100 mil unidades do SU7 ainda em 2024.

Primeiro elétrico da Xiaomi registrou 70 mil pedidos 

Lançado no fim de março, o SU7 alcançou em abril a marca de 70 mil reservas. O número foi divulgado pelo CEO da Xiaomi, que acrescentou que o negócio automotivo da empresa permanecerá focado no mercado chinês.

O objetivo da companhia é ambicioso: se tornar uma das cinco maiores fabricantes de automóveis do mundo dentro de 15 a 20 anos.

O post Xiaomi dobra capacidade de produção para atender forte demanda pelo SU7 apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: